Volte ao SPIN

SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

A origem do mundo na escala 70

1- Visão, o primeiro momento

Nesta noite sonhei com uma escala numérica
No ano que nasci, 1959, inicia-se uma contagem de 1 a 70, terminando em 2029(7 de janeiro).
O ano de 1958 estava marcado com um -0 (Zero negativo), que entendi como uma contagem regressiva, recuando ao ano de 1888


2- Forma, o segundo momento




3- Conhecimento, o terceiro momento


Na postagem anterior ficou claro que o limite responde pelo número 70
Portanto errei quando,  noutras postagem, falei em 73 ou 74 latas d´agua compondo o calendário
Não se trata deste número, explico
Sim, os dias são 73, sendo que em marte de ano bissexto são 74 dias
Ocorre que, destes, apenas 70 são dias úteis
Compreendi isso mediante o sonho desta noite
Estas coisas eu tinha anotado, coisas anotadas durante décadas que, num momento da história, joguei tudo no lixo
Agora tenho que sonhar tudo novamente para compreender
Onde eu estava para ter jogado tudo aquilo fora
Agora sei, eram 70 latas contendo, em seu interior, o SPIN, toda a minha história
Eu havia até esquecido que eram 70, pensei que fossem 73, ou 74 em marte de ano bissexto
Quis ficar livre ou limpo de tudo
Foram vários dias jogando aquilo fora
Por isso estou condenado a sonhar tudo novamente

Sonhar tudo de novo para compreender

Em construção

Na postagem anterior esqueci de dizer que o nome do princípio inanimado era INA
INA.FORMA.CONHECIMENTO
Não esquecer-se de falar da transformação do macaco em homem, ou seja, a sequência MACACO.MITO.MITOCÔNDRIA

Onde entra o Integral Perfeito

Tudo isso são sonhos que recordei-me no momento, estava tudo anotado mas joguei fora, preciso sonhar de novo

Em ano bissexto o dia 74 de marte é reservado à reconstituição de tudo, do principio fim ao fim principio
No dia 74 de mart

Criador do Wikileaks foi preso

Prisao de Assange fere democracia

Por Altamiro Borges, em seu blog

Satanizado pelos EUA e furiosamente perseguido pela Interpol, o australiano Julian Assange, criador do sítio Wikileaks, decidiu se entregar à polícia do Reino Unido na manhã desta terça-feira (7). A prisão representa um duro golpe contra a liberdade de expressão, principalmente contra a liberdade na internet. Não é para menos que os barões da mídia, no Brasil e no mundo, evitam fazer alarde. Se um blogueiro fosse detido na China, Irã ou Cuba, a gritaria seria infernal.

A desculpa para justificar a caçada a Assange é a denúncia da Justiça sueca de que ele teria cometido crimes de estupro, assédio sexual e coerção ilegal contra duas mulheres, em agosto passado. A sentença é bastante confusa, levando-se em conta que no país a prática de sexo desprotegido, sem o uso de preservativo, é considerada uma categoria leve de estupro. Assange nega as acusações e garante que a perseguição é uma retaliação ao Wikileaks pelo vazamento de documentos das embaixadas dos EUA.

Cresce o apoio ao Wikileaks

Apesar da cumplicidade da mídia ianque e das suas sucursais colonizadas, a prisão de Assange não deverá cair no silêncio. Desde que os EUA deflagraram a caçada mundial ao Wikileaks, exigindo sua retirada do ar e a prisão do seu criador, cresce o apoio ao sítio. Através do Twitter foi lançado na semana passada o movimento "imwikileaks" ("eu sou Wikileaks"). Em apenas dois dias, mais de 500 sítios na web clonaram o seu conteúdo para "tornar impossível que o Wikileaks seja retirado totalmente do ar".

Também está em curso uma jornada internacional de boicote à Amazon Web Server (AWS), empresa que hospedava o sítio, mas que se sujeitou à censura imposta pelo governo de Barack Obama. O portal está agora hospedado num servidor do Partido Pirata suiço e oferece instruções para que qualquer sítio use o seu conteúdo. No mundo da internet, pelo menos por enquanto, o poder imperial dos EUA mostra-se vulnerável. Eric Holder, censor dos EUA, já admitiu que Washington tem dificuldade para silenciar o Wikileaks.

A prisão de Julian Assange é um grave atentado à democracia, à verdadeira liberdade de expressão. Merece repúdio imediato. Uma das formas de solidariedade é continuar difundindo os textos "sigilosos" que comprovam que a diplomacia ianque é um antro de espionagem e terrorismo. Ela serve aos interesses do império - uma obviedade, mas que deve ser repetida para muitos que achavam que o imperialismo já não existia.

http://altamiroborges.blogspot.com/2010/12/prisao-de-assange-fere-democracia.html


Meu comentário

Vídeo chocante, eis aqui um dos motivos pelos quais Assange foi preso: a verdade nua e crua sobre os abusos cometidos pelas tropas americanas no Iraque

domingo, 27 de junho de 2010

Autogestão...titoísmo

Eu pessoalmente me considero um iugonostálgico, este socialismo não coercitivo, próximo do anarquismo, da autogestão, o qual ruiu por causa do furo nacionalista-separatista que resultou na divisão da Iugoslávia em vários outros países.
Titoísmo..,,,extraído da Wikipédia:
" O titoísmo, conhecido internamente como socialismo autogestionário (socijalističko samoupravljanje em servo-croata), é a tendência do comunismo aplicada por Josip Broz Tito na Iugoslávia durante seu regime, entre 1945 e 1980. O titoísmo ficou conhecido por ser uma forma muito mais "branda" de regime socialista, combinando a economia estatizada com diversas liberdades civis. Embora originalmente o termo tenha sido inventado pelos stalinistas no final dos anos 1940 como sinônimo de socialismo pervertido e deturpação ideológica, os próprios titoístas acabaram por adotá-lo, com certo orgulho, para designar o tipo de socialismo "leve" implantado na Iugoslávia.
(...)


segunda-feira, 3 de maio de 2010

As mentiras que me ensinaram na escola

Tudo o que existe parece ter sido obra do que poderíamos de chamar de work in progress ou cidade em progresso ou art em progresso.
Tudo foi acontecendo gradualmente, por etapas, com acertos e erros, avanços e retrocessos.
Antes do cinema apareceu a fotografia.
Fotografia,,,filme...
E antes da fotografia?
A pintura que, por sinal, com o surgimento da fotografia, teve a continuidade da sua existência questionada.
Prá que pintar se podemos fotografar?
Estou me referindo à fotografia que reproduz fielmente a realidade, como se pintura fosse fotografia.
Quando não existia fotografia os reis, papas, convocavam os pintores para pintá-los,,,quer dizer,,fotografá-los com tintas e pincéis.
Não nos esqueçamos que, ao lado da pintura, existiam outros tipos de expressão tais como a escultura, a gravura e até a literatura que, é claro, poderiam ser usadas para a reprodução da realidade, o que não deixa de ser uma espécie de fotografia.
Vamos ao tempo?
Estamos falando de um período que poderíamos identificar como Grécia que produzia esculturas clássicas até o surgimento da fotografia, seguido pelo aparecimento do cinema até hoje.
E antes da Grécia, o que ocorreu em termos de arte, escrita, escultura, gravura no nosso planetinha?
Para entender isso vamos ter que falar de Brasil, mais exatamente do Piauí onde, há 50 mil anos, artistas deixaram suas obras para nosso deleite.
A conferir


A sétima arte

“A arte rupestre, os hieróglifos, os papiros egípcios, os vasos gregos e os códices maias já apresentavam elementos da chamada arte sequencial.” (esta frase não é minha..vou pesquisar a autoria)

"(...) um mágico ilusionista chamado Georges Méliès (8 de dezembro de 1861 — 21 de janeiro de 1938) (...) foi o primeiro grande produtor de filmes de ficção, com narrativas, voltados para o entretenimento. Em suas experimentações, o mágico descobriu vários truques que resultaram nos primeiros efeitos especiais da história do cinema. Foi o responsável, portanto, pela inserção da fantasia na realização de filmes.
Leia mais
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cinema

No vídeo abaixo é sobre o ilusionista Georges Melies, após o minuto 3 há coisas dele,
vale a penas conferir..muito cômico

Quem foi Georges Mélies?
http://www.youtube.com/watch?v=TECdkvoVd_o

Georges Méliès (8 de dezembro de 1861 — 21 de janeiro de 1938) foi um ilusionista francês de sucesso e um dos precursores do cinema, que usava inventivos efeitos fotográficos para criar mundos fantásticos.

Méliès, além de ser considerado o "pai dos efeitos especiais", fez mais de 500 filmes e construiu o primeiro estúdio cinematográfico da Europa. Também foi o primeiro cineasta a usar desenhos de produção e storyboards para projetar suas cenas. Era proprietário do Théatre Robert-Houdin em Paris, que havia pertencido ao famoso ilusionista francês Jean-Eugène Robert-Houdin.
Leia mais
http://pt.wikipedia.org/wiki/Georges_M%C3%A9li%C3%A8s
.
No momento vejo na TV Sesca o cineasta João Batista, ex-secretário de cultura de Zé Serra falando sobre a falta de espaço para o cinema nacional, fenômeno que se repete noutros países sob a influência dos EUA tais como Argentina e México onde, como ocorre no Brasil, é reservado à holywood mais de 95 por cento do mercado, dos espaços disponíveis. Segundo ele o quadro é semelhante à invasão do Iraque. Gostei da entrevista, mais centrada na história do cinema nacional, época da ditadura, Glauber Rocha, etc.
Ele afirma que é a favor da convergência, não distiguindo cinema, vídeo, internet, etc, para ele formas de comunicação.
Para ele o importante é quem está atrás da internet ou de uma câmera de vídeo ou cinema.
Tá passando agora, assistam, é na SESC TV, a cabo.
Abs,
......
Isso é que é arte sequêncial, não ser interrompido pelos Faustões da vida
http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2010/05/03/a-opera-popular-de-mv-bill/
,